Galo sugere frente democrática e popular para derrotar o fascismo nas eleições

Galo sugere frente democrática e popular para derrotar o fascismo nas eleições

Deputado Marcelino Galo visitou a feira e foi de casa em casa, com o vereador Boy, no município de Barra.

O deputado estadual Marcelino Galo (PT) sugeriu, nesta sexta-feira (28), a construção de um frente popular e democrática antifascismo no Brasil. O parlamentar, que disputa à reeleição a Assembleia Legislativa da Bahia, esteve reunido com pescadores, lideranças políticas e de movimentos sociais nos municípios de Barra e Muquém de São Francisco, no oeste do Estado.

Fernando Haddad é a esperança de estabilidade democrática e de fazermos o Brasil feliz de novo, avalia Galo.

“Os golpistas sofrem com rejeição e serão derrotados fragorosamente nas urnas. Mas é preciso, também, construir uma frente democrática e popular para derrotarmos o fascismo, o filho do golpe, que defende o ultraliberalismo, a segregação, o preconceito e a violência contra negros, índios, mulheres e a comunidade LGBT”, enfatizou.

O deputado Marcelino Galo tem acompanhado o governador em vários municípios da Bahia.

“A democracia e o Estado Democrático de Direito, violados com o golpe, é um bem valioso que devemos recuperar e defender do fascismo. O povo brasileiro irá rejeitar àqueles que fazem apologia à violência, a tortura, retiram direitos e saqueiam nossas riquezas estratégicas, e conduzirá à presidência quem é capaz de trazer a estabilidade democrática, políticas de desenvolvimento e fazer o Brasil feliz de novo”, afirmou Galo, convocando a militância a “ir de casa em casa, porta em porta garantir a eleição no primeiro turno de Rui ao governo do estado e de Haddad ao Palácio do Planalto”.

Deixe uma resposta